• Cabeçalho

 

A Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado de Jesus, foi fundada em 31 de Maio de 1881 em Ciempozuelos - Madrid (Espanha), sob o impulso de S. Bento Menni (1841-1914), sacerdote da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus, Irmã Maria Josefa Récio (1846-1883) e Irmã Maria Angustias Giménez (1849-1897).

Surgiu como resposta à situação de abandono e exclusão social das senhoras com doença mental da época. A sua missão específica é o serviço às pessoas portadoras de doença mental, deficientes físicos e psíquicos, preferencialmente pobres.

Ao longo de uma história centenária, nas suas etapas de consolidação, expansão e renovação, permaneceu fiel à sua missão, adaptando-se às diversas circunstâncias de tempos e lugares.

Esta missão, na sua universalidade e interculturalidade, responde com identidade própria a necessidades existentes e está implementada em países onde o seu serviço é de uma solidária urgência.

A Congregação atualmente está presente em vinte e sete países de quatro continentes (Europa, América, Ásia e África): Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Burkina Faso, Camarões, Colômbia, Chile, China, Equador, Espanha, França, Filipinas, Gana, Guiné, Inglaterra, Itália, Libéria, México, Moçambique, Peru, Portugal, República Democrática do Congo, Togo, Uruguai, Vietname e Índia.  

Em Portugal, a Congregação existe desde 1894 e realiza a sua missão em Braga, Condeixa-a-Nova, Guarda, Lisboa, Idanha, Belas, Parede, Assumar, Madeira e Açores.

Realiza a sua atividade assistencial em:

  • Estruturas psiquiátricas comunitárias e de hospitalização;
  • Centros e serviços psicogeriátricos;
  • Centros ou serviços psicopedagógicos;
  • Hospitais gerais e estruturas extra hospitalares;
  • Resposta diversificada a situações de emergência que se apresentam nos distintos países do mundo.


© Copyright 2021, Irmãs Hospitaleiras. Todos os direitos reservados.